Comissão de Ética de Enfermagem é empossada no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência

Em cerimônia realizada nesta terça-feira, 30, a escolha dos membros, que terão a missão de contribuir com o desempenho ético da enfermagem na unidade hospitalar, foi homologada

Tomaram posse, nesta terça-feira (30), os membros da Comissão de Ética de Enfermagem do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua. A solenidade contou com a presença do representante do Conselho Regional de Enfermagem do Pará (Coren-PA), Horácio Bastos, dos diretores da unidade, além dos profissionais que farão parte do grupo pelo período de três anos.

A atuação da Comissão de Ética está prevista em lei, instituída conforme resolução do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), e tem como principais objetivos garantir a conduta ética dos profissionais; zelar pelo exercício da profissão; combater ilegalidades, educando, discutindo e divulgando o Código de Ética instituído; além de notificar, ao Conselho Regional de Enfermagem, possíveis irregularidades, reivindicações, sugestões e infrações.

“Dentro do Hospital Metropolitano, a Comissão de Ética de Enfermagem atuará para fiscalizar, claro, mas também para ampliar boas práticas dentro da unidade que é referência no Norte do país”, ressalta a diretora Assistencial do Hospital Metropolitano, Ivanete Prestes Roberti.

A definição dos membros da Comissão ocorreu após votação realizada em agosto pelos colaboradores da unidade hospitalar, criada pelo Governo do Estado e gerenciada pela Pró-Saúde. Na ocasião, foram nomeados seis colaboradores.

Comissão de Ética de Enfermagem do Metropolitano

Os membros empossados são: Waldirene Ferreira Monteiro; Eimar Neri de Oliveira Júnior; Danielle Cristina Caldeira Silva; Rafaela Santos Corrêa; Tiago Pereira Teixeira e Bruno Calixto Miranda da Silva.

O Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência é referência no Norte do Brasil e presta atendimento 100% gratuito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS). A unidade possui a certificação ONA 2 Acreditado Pleno, concedida pela Organização Nacional de Acreditação (ONA), que atesta que a unidade atende aos padrões internacionais de qualidade e segurança assistencial dedicados aos pacientes.