Apresentação musical reúne Hospital Metropolitano e a Polícia Militar para homenagear pacientes e profissionais da saúde

O objetivo da ação é levar alegria aos pacientes neste período de Natal e homenagear os profissionais de saúde pelos trabalhos frente à pandemia. A apresentação foi transmitida ao vivo pelas redes sociais da Polícia Militar

Colaboradores e pacientes do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, tiveram um momento de atração musical na tarde desta quarta-feira, 16/12. O evento faz parte da programação de Natal da Pró-Saúde, gestora da unidade.

Com um repertório cheio de músicas natalinas e da MPB (Música Popular Brasileira), a banda de Música e Sinfônica da Polícia Militar do Estado do Pará (PMPA), composta por aproximadamente 60 policiais, foi responsável por animar todos os presentes.

“Falar de música é falar de ganhos psicológicos, pois trata humor, depressão, ansiedade e o estresse. Essa parceria com a Polícia Militar vem justamente para dar mais energia aos pacientes e colaboradores”, enfatizou Natália Failache, supervisora de Humanização do HMUE.

Diferente dos anos anteriores, os músicos não visitaram os leitos e a apresentação ocorreu em área aberta, seguindo todos os protocolos de segurança da Organização Mundial da Saúde (OMS) para evitar a proliferação do novo coronavírus.

Portanto, a maioria dos pacientes acompanharam a apresentação sem sair dos leitos, através das janelas dos quartos. Os que puderam sair, assistiram de perto cada música tocada, todos de máscaras e usando álcool em gel.

Juliana Ferreira Rodrigues, de 43 anos, se recupera de um acidente de moto e ficou próxima da banda. “Estava triste, pois vou passar o Natal longe da minha família. Mas esse momento me alegrou, pois as músicas tocadas fazem parte da história das pessoas que amo”, explicou.

“Me avisaram da apresentação ontem e fiquei ansioso por esse momento. Eu gosto muito de música e fazia tempo que eu não acompanhava uma apresentação com tantos músicos e instrumentos”, comentou Carlos Gabriel, de 10 anos, internado na pediatria do Hospital.

A apresentação começou às 17 horas, com uma homenagem ao cantor do Roupa Nova, Paulinho, que morreu após complicações do Covid-19. Em seguida, teve canções dos cantores Djavan, Tim Maia, além de músicas paraenses.

De acordo com o subtenente da PM e maestro da banda, Franklin Vieira, o repertório foi planejado com o objetivo de descontrair os pacientes e os profissionais do Hospital Metropolitano. “Para preparar essa apresentação, tentei me colocar no lugar dessas pessoas e ter uma sensibilidade de tocar aquilo que elas gostam, pois assim conseguimos abraçar todos através da música”, disse.

A diretora Hospitalar do HMUE, Alba Muniz, agradeceu a parceria entre a entidade e a Polícia Militar. “A Pró-Saúde e o Hospital Metropolitano agradecem a todos os policiais militares pelo momento único e mágico. Sabemos o poder que a música tem para o ser humano, principalmente para os que estão precisando de força nesse momento delicado”, concluiu.