Pró-Saúde abre vagas de emprego no Hospital Metropolitano

A Pró-Saúde, uma das maiores entidades filantrópicas de gestão hospitalar do país, está com vagas de emprego abertas para atuação no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA).

O processo seletivo aberto é para a contratação de assessor(a) de Diretoria. São duas vagas, uma delas destinada para Pessoa com Deficiência (PCD).

As inscrições são pela internet e seguem até a próxima sexta-feira, 22 de maio. Os requisitos para as vagas são: experiência na área, conhecimento intermediário do pacote Office e ensino superior completo em secretariado, administração ou áreas afins.

Os interessados devem se candidatar pelo link: epartner.vagas.com.br/v2066323. Já para a vaga para PCD, acessar: epartner.vagas.com.br/v2066322.

Os currículos passarão por triagem e os selecionados serão contatados pelo Hospital para a realização das próximas etapas do processo, como provas e entrevistas. Vale lembrar que todas as etapas são eliminatórias.

Sobre a Pró-Saúde

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.