Abrigo de idosos recebe doação feita por colaboradores do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência

Como parte da ação do Dia Mundial do Meio Ambiente, o HMUE arrecadou dezenas de copos para ajudar na alimentação dos idosos

Oitenta e cinco anos, mais de oito décadas de vida e um único sentimento: gratidão. Essa é a sensação da idosa Maria da Conceição, ao receber uma doação realizada pelos colaboradores do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA).

“Quando os copos chegaram aqui o meu olho bateu em um que tinha o formato de abacaxi. Achei fofo e peguei logo ele pra mim. Estou muito feliz, pois além do copo que achei lindo, a visita de vocês deixaram todos felizes aqui no abrigo”, explicou sorridente a Maria da Conceição.

Além da dona Maria, outras 26 idosas, entre 69 a 99 anos, do Abrigo São Vicente de Paulo, no bairro da Pedreira, receberam copos e canecas nesta terça-feira, 7/7. “Por conta do coronavírus, as visitas foram suspensas e receber um presente me faz sentir super amada”, disse Lélia Marciel Serra, de 85 anos, que aproveitou o momento para agradecer o HMUE.

Foram dezenas de copos arrecadados, de vários formatos e que hoje encontram-se com os idosos para ajudar na alimentação. As doações fazem parte das ações alusivas ao Dia Mundial do Meio Ambiente, e contou com a ajuda de colaboradores do Metropolitano, unidade do Governo do do Pará e gerenciada pela Pró-Saúde. 

Na ocasião, os colaboradores recebiam canecas feitas de fibra de coco e de forma voluntária, doavam um copo de plástico para ajudar o Abrigo. Todo o material recebido foi higienizado antes de serem entregues aos idosos.

A coordenadora de Projetos Sociais e Eventos do HMUE, Roberta Cardins, destaca a importância da participação do Hospital com ações junto a sociedade. “É importante que o Metropolitano esteja integrado com a sociedade, compartilhando carinho e principalmente amor. A ação de hoje mostra justamente isso, que podemos ajudar com gestos simples”, ressaltou a coordenadora.

O diretor hospitalar, Itamar Monteiro, falou sobre a importância de mudar, ressignificar e ajudar ao próximo. “Contamos com a importante contribuição dos colaboradores do HMUE para realizar esta ação benemérita de entrega de copos reutilizáveis para os idosos da casa São Vicente de Paulo. Agradecemos a todos pelo altruísmo em doar àqueles que mais necessitam”, finalizou

Sobre a Pró-Saúde

Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade. Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.

A criação da Pró-Saúde fez parte de um movimento que estava à frente de seu tempo: a profissionalização da ação beneficente na saúde, um passo necessário para a melhoria da qualidade do atendimento aos pacientes que não podiam pagar pelo serviço. O padre Niversindo Antônio Cherubin, defensor da gestão profissional da saúde e também pioneiro na criação de cursos de Administração Hospitalar no País, foi o primeiro presidente da instituição.