Crianças internadas no Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência participam de Festa Junina na unidade

A ação foi realizada com o tema “Junho Com Animação, Tem Que Ter Prevenção”, e ajudou a fortalecer as campanhas de prevenção ao novo coronavírus

Com respeito aos critérios de prevenção ao novo coronavírus, o jardim do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua (PA), se transformou em um verdadeiro “Arraial Junino” nesta quarta-feira, 24/6. Com o tema “Junho Com Animação, Tem Que Ter Prevenção”, a ação envolveu crianças da ala pediátrica da Unidade, que aprenderam sobre os riscos e como se prevenir do novo Coronavírus (Covid-19).

Diferente dos anos anteriores, a programação ocorreu sem contato físico, com higienização das mãos e em área aberta. O objetivo é reforçar os cuidados para evitar a contaminação pela Covid-19 dentro e fora do Hospital.

“Realizamos brincadeiras, danças, palestras e o nossa atração principal, o retorno e a apresentação do Teatro Humaniza. Tudo foi pensado para reforçar o combate ao coronavírus. É um trabalho muito importante e realizado com toda segurança para a saúde das crianças que participaram”, ressaltou a supervisora de Humanização, Natália Failache.

A organização da ação começou na última segunda-feira, 22, com a produção das roupas feitas pelas próprias crianças e a entrega do convite para o arraial. A ação também é uma forma de descontrair os pacientes, promover bem-estar, promoção da qualidade de vida, humanização e sustentabilidade, principal missão da Pró-Saúde, gestora da HMUE, por meio de contrato com a Secretaria de Saúde do Estado do Pará (SESPA).

Luiz Vinicius Santiago, de 10 anos, contou como confeccionou a sua roupa. “Eu gosto muito de festa junina, por isso eu escolhi a roupa de acordo com a cor que eu gosto. Depois eu cortei e grudei as bandeirinhas do meu jeito e ficou perfeita para o dia da ação daqui do hospital”.

Respeitando as orientações médicas, as crianças e os familiares participaram das brincadeiras e também da contação de histórias. “Eu sempre participo da festa junina que acontece perto de casa. eu estava triste pois pensei que este ano não fosse brincar com meus amigos. Mas agora estou melhor, pois me animei muito na festa”, disse Wesley Santos da Silveira, de 7 anos.

A analista de Sustentabilidade do Hospital, Adriana Durans, falou sobre a importância desse tipo de ação para os pacientes da ala pediátrica. “Todas essas crianças aqui no HMUE são estimuladas através de brincadeiras – poderoso recurso que possibilita o resgate da sua vida antes do processo de hospitalização. Hoje, reforçamos ainda mais sobre prevenção à Covid-19. Elas sempre se mostram curiosas sobre o assunto”, enfatizou.

Sobre a Pró-Saúde

Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, a Pró-Saúde é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 24 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.