Acompanhantes e pacientes participam da produção de enfeites natalinos no Hospital Metropolitano

Para o período de Natal, os grupos de Humanização e Projetos Sociais do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), em Ananindeua, realiza, até o próximo sábado (14), oficinas terapêuticas para acompanhantes e pacientes.

Além de incentivar valores, como fraternidade, o principal objetivo da oficina é promover um momento de relaxamento aos pacientes que passam por longos períodos no ambiente hospitalar.

Segundo a supervisora de humanização do Metropolitano, Natália Failache, o intuito é promover uma atividade lúdica, além de reutilizar materiais que poderiam ser descartados. “Junto ao serviço de limpeza da unidade, separamos materiais que podem ser reaproveitados em objetos de decoração, tendo como justificativa o período natalino e com muitas famílias em busca de uma decoração para o lar”, disse.

“Com as oficinas, as acompanhantes despendem o tempo ocioso, muitas vezes de longos períodos no hospital, em um novo aprendizado. Por meio das oficinas, nós também incentivamos a exploração da criatividade e interação”, completa a supervisora.

Além de utilizar materiais recicláveis, como garrafa pets, rolos de papel e papelão, com um toque de criatividade, as usuárias podem incrementar os artigos natalinos com algodão, pincéis, tintas guache, miçangas entre outros materiais.

Para a acompanhante Deize Ferreira, que está com a mãe internada na Unidade há dez dias, a oficina traz um momento de acolhimento. “Eu acho ótimo ter essas atividades, porque passo muito tempo dentro do hospital, então eu preciso me distrair um pouco, e como muitas vezes eu fico apreensiva pelo estado de saúde da minha mãe, gastar energia produzindo os enfeites de natal me tranquiliza”, comenta.

O material produzido será utilizado na decoração do Hospital Metropolitano. As acompanhantes também podem levar para casa e decorar o ambiente familiar.

**Sobre o HMUE**

Referência no tratamento de média e alta complexidade em traumas e queimados para a região Norte pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado em Ananindeua (PA), dispõe de 198 leitos operacionais nas especialidades de traumatologia, cirurgia geral, neurocirurgia, clínica médica, pediatria, cirurgia plástica exclusivo para pacientes vítimas de queimaduras, além de leitos de UTI.

O HMUE recebe pacientes da Região Metropolitana de Belém, dos diferentes municípios do Pará e também de outros estados. Em 2018, realizou mais de meio milhão de atendimentos, entre internações, cirurgias, exames laboratoriais e por imagem, atendimentos multiprofissionais e consultas ambulatoriais.

**Sobre a Pró-Saúde**

A Pró-Saúde é uma entidade filantrópica que realiza a gestão de serviços de saúde e administração hospitalar há mais de 50 anos. Seu trabalho de inteligência visa a promoção da qualidade, humanização e sustentabilidade.

Com 16 mil colaboradores e mais de 1 milhão de pacientes atendidos por mês, é uma das maiores do mercado em que atua no Brasil. Atualmente realiza a gestão de unidades de saúde presentes em 22 cidades de 12 Estados brasileiros — a maioria no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). Atua amparada por seus princípios organizacionais, governança corporativa, política de integridade e valores cristãos.